Em entrevista ao vivo, epidemiologista da UNIFAL-MG analisa o  alto número de mortes por covid-19 no mês de abril

Em participação ao vivo no Bom Dia Cidade, da EPTV, exibido sexta-feira, dia 23/4, o professor de epidemiologia Sinézio Inácio da Silva Júnior, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas, da UNIFAL-MG, comentou o expressivo número de mortes por covid-19 registrados, até o momento, no mês de abril na região Sul de Minas.

Conforme o docente, o número de casos na faixa etária dos 60 anos ou mais dobrou em relação ao mês de março, enquanto que nas faixas etárias de 40 a 49 e 50 a 59 anos, os casos triplicaram. Na entrevista, o epidemiologista enfatiza o maior risco de mortes de pessoas nessas faixas etárias.

De acordo com o professor Sinézio Júnior, o frio pode aumentar o risco de contágio por covid-19, bem como de outros vírus, devido aos ambientes fechados.  “Como os ambientes vão ficar mais frios, é mais complicado, é mais difícil para as pessoas , manterem […] os ambientes ventilados. Então toda essa combinação pode aumentar demanda por leitos, demanda por assistência hospitalar e maior risco de contaminação mesmo pela covid-19”, sintetiza.

Na oportunidade, o professor também falou da morte de pacientes por covid-19 que contraíram o vírus mesmo após a imunização em duas doses. Conforme explicou, mesmo já vacinadas, muitas pessoas ainda não possuem toda defesa necessária para impedir o avanço viral. O perfil dos pacientes mortos por  covid-19 também foi abordado na entrevista e, segundo observação do professor Sinézio Júnior, as mortes de pessoas com 80 anos ou mais chegam a 82% do total das vítimas fatais.

Confira a reportagem completa:

A reportagem está disponível em https://globoplay.globo.com/v/9458840/

Copy link
Powered by Social Snap