“Mortes por Covid-19, é sempre bom lembrar, são mortes evitáveis”, destaca professor da UNIFAL-MG em reportagem sobre atraso, em municípios sul-mineiros, no processo de vacinação

No dia 26/4, o jornal da EPTV 2ª Edição destacou a insuficiência no número de vacinas que chega aos municípios do sul de Minas por conta da diferença na estimativa populacional das cidades, a qual se baseou em dados do censo do IBGE de 2010. Na oportunidade, o professor Sinézio Inácio da Silva Júnior, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNIFAL-MG, comentou consequências da lentidão no processo de vacinação.

“Qualquer problema por qualquer causa no atraso do ritmo da vacinação, mais do que lamentável, é extremamente grave, porque significa maior pressão sobre a tensão hospitalar e, principalmente, maior risco de ocorrência de mortes, e mortes por Covid-19, é sempre bom lembrar, são mortes evitáveis”, destacou o docente.

Confira a reportagem completa abaixo:

Disponível no link: https://globoplay.globo.com/v/9466730/

Copy link
Powered by Social Snap