Jornal da região destaca dados do projeto INDCOVID com alerta para tendências de alta de casos e mortes por Covid-19 após Dia das Mães

O G1 Sul de Minas publicou, nesta terça-feira (11/05), uma matéria sobre o novo boletim do projeto “Perfil Epidemiológico e Indicadores de Saúde da Universidade Federal de Alfenas (INDCOVID)”, coordenado pelo professor Sinézio Inácio da Silva Júnior, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF), da UNIFAL-MG. Os dados apontam para tendências de alta de casos e mortes por Covid-19, no sul de Minas, após as comemorações do Dia das Mães.

A matéria destacou que as possíveis aglomerações familiares do Dia das Mães podem refletir em aumento de novos casos e mortes pela Covid-19 nos próximos dias no Sul de Minas, principalmente para a faixa etária abaixo dos 65 anos. Conforme as informações divulgadas, a estabilidade regional na tendência de mortalidade, apesar da diminuição de mortes entre os de 80 anos ou mais, pode significar tanto que a segunda dose da vacina ainda não surtiu o efeito esperado, quanto o aumento de óbitos entre nas faixas etárias abaixo de 65 anos.

O  G1  apontou, de acordo com o boletim INDCOVID, a tendência de alta de novos  em algumas cidades como Varginha, Passos, São Sebastião do Paraíso e Três Pontas e, também, a tendência de aumento de mortes Varginha, Lavras, Alfenas, Três Corações e Três Pontas.

Confira o texto em: https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2021/05/11/novo-estudo-da-unifal-mg-alerta-para-tendencias-de-alta-de-casos-e-mortes-por-covid-19-apos-dia-das-maes.ghtml

Copy link
Powered by Social Snap