UNIFAL-MG lança programa de extensão que envolve comunidade acadêmica e população de Varginha em reflexões sobre identidade negra e racismo estrutural; professora comenta novidade

Durante reportagem veiculada na EPTV sobre o Dia da Consciência Negra, 20/11, a professora de Administração Pública Janaína de Mendonça Fernandes, do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), apresentou aos telespectadores o programa de extensão Dandara, que tem como finalidade desenvolver ações negras, decoloniais e antirracistas.

“É um programa amplo que vai ter duração de dois anos e que se divide em cinco ações. É um programa voltado para a comunidade acadêmica, independente da raça, da identidade de raça, de como se autodeclara, e para a comunidade como um todo, porque o racismo é uma questão que deve ser discutida com todos. Deve ser combatida por todos. É óbvio que a gente vai discutir questões identitárias negras, mas é importante que os brancos estejam neste debate para que o racismo seja erradicado, para que a gente tenha uma sociedade mais justa, mais igualitária, onde todos sejam vistos e identificados como cidadãos plenos”, explica a professora Janaína, uma das idealizadoras do Programa Dandara.

Confira a reportagem completa:

Disponível no link: https://globoplay.globo.com/v/10058318/

Colaboração: Túlio Rabelo, estagiário de Comunicação Social da UNIFAL-MG campus Varginha

Copy link
Powered by Social Snap