Linfonodo

O linfonodo em geral apresenta uma forma de rim e é envolvido externamente por uma cápsula de tecido conjuntivo denso não modelado, que por sua vez, envia trabéculas para o seu interior. O parênquima apresenta a região cortical, que se localiza abaixo da cápsula, e a região medular, que ocupa o centro do órgão e seu hilo. A região cortical apresenta duas regiões: o córtex externo e o interno. O córtex externo é constituído pelos seios subcapsulares e peritrabeculares (de difícil visualização nesse corte), e por nódulos ou folículos linfóides ricos em linfócitos B. Os seios subcapsulares e peritrabeculares são espaços irregulares delimitados de modo incompleto por células endoteliais, células reticulares com fibras reticulares e macrófagos, localizados abaixo da cápsula e ao longo das trabéculas de tecido conjuntivo derivadas da cápsula que entram no córtex, respectivamente. A região cortical profunda ou paracortical não apresenta nódulos linfoides e nela predomina os linfócitos T. A região medular é constituída pelos cordões e seios medulares. Os seios medulares são espaços revestidos por células endoteliais e os cordões medulares, formados principalmente pelos linfócitos B, macrófagos e plasmócitos, circundam os seios medulares. O hilo está localizado na concavidade do linfonodo e apresenta artérias, veias e vasos linfáticos.

Corte histológico de linfonodo. Seta- cápsula, 1- Nódulo linfóide (região cortical externa), 2- Região paracortical (região cortical interna). 5X. Azul de Toluidina.

Corte histológico de linfonodo. Seta- cápsula, 1- Nódulo linfóide (região cortical externa), 2- Região paracortical (região cortical interna). 10X. Azul de Toluidina.

Corte histológico de linfonodo. Seta- cápsula, 1- Nódulo linfóide na região cortical. 10X. Azul de Toluidina.

Corte histológico de linfonodo. 1- Região medular, 2- Região do hilo, setas- vasos sangüíneos, (*)- tecido adiposo. 10X. Azul de Toluidina.

Corte histológico de linfonodo. Região medular com os seios medulares. 40X. Azul de Toluidina.