Veia

As veias possuem uma parede relativamente fina em comparação às artérias do mesmo calibre e uma luz mais ampla e irregular. A túnica íntima possui também uma camada subendotelial fina que pode estar muitas vezes ausentes. Não se vê uma lâmina elástica interna distinta. A túnica média é mais fina que nas artérias, e as células musculares lissa possuem uma orientação irregular. A túnica adventícia é a mais desenvolvida nas veias, composta por fibras colágenas e fibroblastos, além dos vasa vasorum. Uma característica típica das veias é a presença de válvulas que evitam o refluxo de sangue, projeções da túnica íntima para o lúmen, coberta por células endoteliais e reforçadas por fibras elásticas e colágenas.

Veia em aumento de 4x, corada por Rosenfeld.

Veia em aumento de 10x, corada por Rosenfeld. Em 1, identfica-se túnica íntima e média; em 2, túnica adventícia.

Veia em aumento de 40x, corada por Rosenfeld. As setas apontam o endotélio. As células musculares lisas estão delimitadas por círculos. Em 1, observa-se a túnica adventícia.