Colóquio sobre Migrações e Espaço Geográfico na UNIFAL-MG contará com participação de refugiados e solicitantes de refúgio da Venezuela, República Democrática do Congo e da Síria; evento acontece no dia 18/11

A UNIFAL-MG receberá pesquisadores de outras instituições e refugiados e/ou solicitantes de refúgio no 1º Colóquio sobre Migrações e Espaço Geográfico, que acontecerá no dia 18 de novembro, no auditório do Prédio B da Unidade Educacional Santa Clara. Sob a coordenação do professor do Instituto de Ciências da Natureza, Gil Carlos Silveira Porto, e organização de monitores e discentes da disciplina Geografia da População, o evento possibilitará a discussão da dinâmica migratória contemporânea, considerando a chegada de imigrantes africanos e latino-americanos no Brasil, nas primeiras duas décadas deste século.

Pensado de forma a articular os conhecimentos dos estudiosos e as experiências dos imigrantes residentes no Brasil, o Colóquio foi idealizado para suprir as demandas da Universidade, em geral, e do curso de Geografia, em particular, em relação à necessidade de se estudar o fenômeno de migração no país e no Sul de Minas. “Na última década, municípios da região têm recebido imigrantes internacionais e refugiados (ou solicitantes de refúgio) vindos de países do sul. A cidade de Alfenas, por exemplo, recebeu duas famílias de venezuelanos”, relata o Prof. Gil, coordenador do evento, ao contar que dois dos membros dessas famílias participarão de uma das mesas-redondas do Colóquio.

“Diante disso, acredita-se que o debate teórico-empírico sobre o tema e a identificação das dificuldades que os imigrantes/refugiados vivenciam no processo de assimilação/inserção na sociedade de destino serão etapas relevantes à formação universitária”, diz o professor, salientando que a formação de professores de geografia, de geógrafos e de profissionais de outras áreas se dará com o estudo desses fenômenos identificados na sociedade brasileira. O docente acrescenta que o evento também será importante aos refugiados e à Universidade, uma vez que o Colóquio poderá oferecer o fortalecimento dos vínculos entre a UNIFAL-MG e outras instituições, promover a criação de políticas públicas a favor dos imigrantes estrangeiros e possibilitar a participação da Instituição na Cátedra Sérgio Vieira de Melo, uma iniciativa vinculada a universidades brasileiras a fim de garantir direitos aos refugiados.

“Com o evento, haverá a possibilidade de a academia dialogar com uma parcela da sociedade brasileira atual, nesse caso, formada por refugiados e imigrantes internacionais que residem no país. Eles terão a oportunidade de socializar suas trajetórias e experiências de vida com estudantes e professores da UNIFAL-MG”, finaliza.

Programação

O evento, que se destina aos discentes do curso de Geografia e de outros cursos das Ciências Humanas/Sociais, aos servidores públicos e aos membros de ONGs interessados pelo tema de direitos humanos, migração e refúgio, terá a conferência de abertura “Espaço, migração e refúgio: a geografia e a migração internacional”, do Prof. Durval Magalhães Fernandes (PUC/MG); a mesa-redonda “Dimensões e escalas do fenômeno migratório”, a ser apresentada pelos professores Alexandre Carvalho de Andrade (IFSULDEMINAS/Poços de Caldas),  Juliana Pimenta Attie (UNIFAL-MG) e Priscilla Pachi (USP); e a mesa-redonda “Trajetórias socioespaciais de refugiados e/ou solicitantes de refúgio no Brasil”, a ser apresentada por estes refugiados e/ou solicitantes de refúgio: Karina Melgarejo e Willfredo Acevedo (da Venezuela), Claudine Shindany Kumbi (da República Democrática do Congo) e Abdulbaset Jarour (da Síria).

Para mais informações, confira este link. As inscrições podem ser feitas no CAEX.

*Milena Favalli Simão é estagiária da Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG

Colaboração: Prof. Gil Carlos Silveira Porto, do Instituto de Ciências da Natureza da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap