Universidade em tempos de pandemia; ensino, pesquisa e extensão foram os temas do primeiro dia da Audiência Pública da UNIFAL-MG

Nesta segunda-feira (15/06) teve início o evento “Universidade em Tempos de Pandemia”, que tem a intenção de expor as ações institucionais, administrativas, de ensino, pesquisa e extensão da UNIFAL-MG no enfrentamento da pandemia durante o período de distanciamento social.

Organizada via webconferência e transmitida ao vivo pelo YouTube, o primeiro dia de audiência contou com as apresentações das ações de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas pela UNIFAL-MG e assuntos relacionados à retomada das atividades acadêmicas da graduação por meio de tecnologias mediadas, aprovada pela Resolução 04/2020 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) no dia 03/06.

O reitor, Prof. Sandro Amadeu Cerveira, iniciou as apresentações, enfatizando o papel da Universidade no enfrentamento à pandemia e em relação a preservação da saúde dos estudantes e servidores, bem como da população das cidades em que a UNIFAL-MG está presente: Alfenas, Poços de Caldas e Varginha.

Na sequência, a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Profa. Vanessa Bergamin Boralli Marques, apontou as dificuldades que toda a sociedade tem enfrentado diante da emergência sanitária e a importância da pesquisa científica. “Apenas o futuro poderá dizer o melhor caminho. Se tem um ponto positivo, é que a pesquisa voltou a ser valorizada devido a pandemia. As pessoas estão precisando de novos fármacos, uma nova vacina e a única certeza que temos é que apenas a ciência vai nos tirar desse cenário. Hoje muitos dos pesquisadores do Brasil que estão atuando na busca por tecnologia para enfrentamento da covid-19 utilizam de trabalhos que são desenvolvidos há muito tempo, pois pesquisa não se faz do dia para a noite”, afirmou.

A pró-reitora falou sobre atividades que a PRPPG conseguiu manter mesmo com a suspensão das atividades presenciais e do calendário acadêmico, como pesquisas em laboratórios, iniciação científica e atividades de estágio, no formato de Atividades Continuadas Emergenciais (ACE), por meio das Resoluções n° 03 e 04 de 2020 do Conselho Universitário (Consuni).

A Profa. Vanessa citou ainda os editais abertos, o novo site da PRPPG e o planejamento para a participação da UNIFAL-MG, no dia 22/10, na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que terá como temática principal “Inteligência Artificial”, além da importância de se realizar o Simpósio Integrado para a renovação das bolsas de IC do CNPq.

Em seguida a pró-reitora de Extensão, Profa. Eliane Garcia Rezende, informou que, por meio da Resolução n° 07/2020 do Consuni, algumas atividades de extensão foram retomadas de forma remota, não presencial e presencial, para manutenção de ações que colaboram para o bem-estar da comunidade. Segundo ela, dos 23 programas cadastrados, 12 estão em execução; dos 154 projetos, 38 estão mantidos; dos  37 cursos planejados, apenas três foram cancelados e 11 adiados; dos 67 eventos cadastrados, 50 serão executados; e as seis prestações de serviços submetidas foram mantidas.

“Estamos aprendendo a fazer on-line. A Proex está trabalhando para cumprir o máximo de suas atividades com o mínimo de prejuízo para o público, pois entendemos que o período exige que continuemos com nossas ações. São muitos os relatos de adoecimento mental, emocional e físico, comportamentos de negação da gravidade da pandemia e da ampliação da violência doméstica e urbana”, disse a Profa. Eliane.

Por fim, o pró-reitor de Graduação, Prof. José Francisco Lopes Xarão, comentou sobre o Regime Especial de Estudos (REE) e todos os desafios que surgiram, revelando que desde a suspensão do REE e do calendário acadêmico, em 08/04, a Prograd está analisando quando e de que forma retomar as atividades acadêmicas por meio de tecnologias mediadas, como Moodle e Google Sala de Aula.

Na oportunidade, o pró-reitor revelou que a possibilidade de retorno às aulas presenciais em 2020 é difícil, mas que há esperança de aulas remotas a partir de julho, caso o calendário no qual estão trabalhando seja aprovado pelo colegiado da Prograd nos próximos dias. “Após a experiência do REE, a oferta de aulas remotas não será compulsória. Professores e estudantes poderão escolher se desejam ou não participar das aulas remotas, tendo a possibilidade de aguardar a volta das aulas presenciais para continuar o curso”, explicou.

Durante a apresentação, que aconteceu por meio do canal oficial da UNIFAL-MG no YouTube, o público interagiu e enviou dúvidas que foram esclarecidas pelos responsáveis de cada área. Nesta terça-feira (16/06), também às 15h, o objetivo da audiência será prestar informações referentes à gestão de pessoas, administração, planejamento e assistência estudantil.

Assista a audiência de 15/06 na íntegra:

Copy link
Powered by Social Snap