UNIFAL-MG forma profissionais no BI em Ciência e Tecnologia e engenharias; solenidade com 76 formandos foi realizada por webconferência

Com o objetivo de manter as medidas de prevenção contra o novo coronavírus, a UNIFAL-MG celebrou, no dia 03/07, por meio de seu canal institucional no Youtube, mais duas formaturas virtuais. Na oportunidade, a outorga de grau foi concedida a discentes dos cursos de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Engenharia Ambiental, Engenharia Química e Engenharia de Minas.

No período da manhã, às 10h, 39 formandos participaram da cerimônia, a qual contou com a presença do reitor da Universidade, Prof. Sandro Amadeu Cerveira, e das coordenações dos cursos. O juramento ficou a cargo da formanda Isabela dos Santos Catozzo, do curso de Engenharia Química, e a oradora foi Priscila Alcântara de Lima, do Curso Engenharia Ambiental.

“Receberemos o nosso diploma em meio a um mundo totalmente novo. Como seres humanos e, agora, como novos engenheiros ambientais, engenheiros químicos e bacharéis em Ciência e Tecnologia, aprendemos que nossas ações podem ter impacto global. Existem maneiras grandes e pequenas para fazer o mundo melhor a todos”, disse, em discurso, a formanda Priscila Alcântara.

Os professores presentes na cerimônia também reforçaram a mensagem e salientaram os desafios da atualidade, bem como as mudanças ocorridas nos últimos meses. “O novo normal chegou e, talvez, esta formatura seja a primeira experiência do novo normal que vocês irão enfrentar ao longo da carreira profissional. Estamos todos nos reinventando e reaprendendo tudo aquilo que nos foi ensinado. Teremos que reaprender a viver. Antes de sermos bacharéis, engenheiros, mestres e doutores, somos todos humanos, portanto peço a vocês que, ainda que seja por meio de uma tela fria, tenham empatia. Pratiquem sempre o bem”, disse a paraninfa do curso de Engenharia Química Bacharelado, Profa. Grazielle Santos Silva Andrade.

Em seus pronunciamentos, o coordenador do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Prof. Laos Alexandre Hirano, e o vice-coordenador do curso de Engenharia Ambiental, Prof. Gunther Brucha, encorajaram os formandos a enfrentarem os desafios com base no conhecimento científico. “A dificuldade nos permite crescer, nos dá a chance para sermos brilhantes, nos permite errar para aprender, nos faz sofrer para valorizar. Por fim, ela nos aproxima para contornar problemas e desafios como este que vivemos agora”, salientou o professor Laos Alexandre.

A solenidade contou também com a participação das professoras Jaqueline Costa Martins, coordenadora do curso de Engenharia Química, e Sylma Carvalho Maestrelli,  paraninfa do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, e dos professores  Osvaldo Adilson de Carvalho Junior, diretor em exercício do campus Poços de Caldas, Marlus Pinheiro Rolemberg, diretor do Instituto de Ciência e Tecnologia, e  Antônio Donizetti Gonçalves de Souza, paraninfo do curso de Engenharia Ambiental.

Colação de grau à tarde 

No período da tarde, às 14h, mais 37 formandos dos cursos de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Engenharia de Minas e Engenharia Química participaram da colação de grau on-line. Na segunda formatura do dia, o juramento foi feito pela formanda Fernanda Silva Duque, do curso de Engenharia de Minas, e o formando Carlos Henrique Firmino de Freitas, também do curso de Engenharia de Minas, foi o orador da turma.

No seu discurso, Carlos Henrique falou sobre as experiências ao longo do curso e da vida universitária. “Cada um tem sua visão sobre o curso e a Universidade. De todos os anos que compartilhamos, cada um passou por obstáculos pessoais para estar aqui, hoje; alguns participando de Centros Acadêmicos, DCE, PET, Atlética ou Bateria, projetos de extensão ou iniciações científicas e, ainda, das viagens de campo que nos proporcionaram grande conhecimento. A Universidade nos ofereceu e nos oferece uma grande gama de atividades para que possamos nos desenvolver fora da sala de aula”, disse.

Para finalizar as solenidades do dia, o reitor da UNIFAL-MG, Prof. Sandro Amadeu Cerveira, agradeceu a participação de todos os familiares, pais e amigos que acompanharam a formatura e reforçou a importância da universidade pública, gratuita e de qualidade. “A universidade precisa ser pública, porque a construção do conhecimento é algo macro, é algo maior […]” disse o reitor, que também reafirmou a importância da inclusão na universidade.

“Nós vivemos em uma sociedade heterogênea, com diferentes religiões, com diferentes visões de mundo, com diferentes inserções econômicas, mas, para que possamos nos construir como nação, nós precisamos de uma dimensão que vá além daquilo que é particular. A universidade pública não é apenas importante, mas é absolutamente necessária”, finalizou.

A formatura da tarde contou, também, com a participação da vice-coordenadora do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia e paraninfa do Curso Engenharia de Minas, a professora Carolina Del Roveri.

Premiações

Nas formaturas dos cursos do campus do Campus de Poços de Caldas são concedidas premiações a alguns discentes. A bacharela Isabela dos Santos Catozzo, da Engenharia Química, recebeu o prêmio destaque acadêmico do curso de Engenharia Química.

A bacharela Fernanda Silva Duque, da Engenharia de Minas, foi a vencedora do prêmio de melhor Trabalho de Conclusão de Curso de 2019/2, oferecido pela Associação de Mineradores de Poços de Caldas.

O bacharel em Carlos Henrique Firmino de Freitas, da Engenharia de Minas, recebeu o prêmio “Fábio Décourt Homem e Melo”. Essa premiação é oferecida pela Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração (ABM) ao discente que cumpriu o maior número de horas de atividades complementares.

As cerimônias de Colação de Grau estão disponíveis no canal oficial da Universidade no Youtube, neste link: https://www.youtube.com/unifalmgoficial.

Fotos: colação de grau do dia 03/07

*Milena Favalli Simão é estagiária da Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap