Grupos de acolhimento psicológico auxiliam discentes a reduzirem 70% dos sintomas que apontam risco à vida ou prejuízo às funções cognitivas

O Departamento de Apoio e Acompanhamento (DAA) da UNIFAL-MG, desde o início da pandemia da Covid-19, tem desenvolvido ações para os discentes por meio de ferramentas de comunicação remota. As atividades incluem oficinas pedagógicas, palestras com profissionais renomados no âmbito da Pedagogia Universitária e da Psicologia, além dos atendimentos individuais. Em relatório, a equipe do DAA revelou que, dentre os estudantes que tiveram seus mapeamentos individuais realizados, 70% deles apontaram redução de sintomas, como os que apontam risco à vida ou acarretam prejuízo às funções cognitivas, em dimensões significativas.

“Os resultados que apontam a efetividade das ações desenvolvidas pelo departamento, visando a redução de sintomas e restabelecimento da saúde mental e psicológica, só foi possível a partir da adesão dos estudantes aos encaminhamentos sugeridos. Dentre as ações de maior impacto ao longo do semestre, evidenciamos que os Grupos de Acolhimento Psicológico foram avaliados pelos estudantes como uma ação que favorece a compreensão de temáticas em respostas às atuais demandas, constituindo-se como um espaço profícuo para a expressão de ideias, de experiências, opiniões e afetos”, informou a coordenadora do DAA, Profa. Cláudia Gomes.

A agenda de ações e encaminhamento dos estudantes aos níveis diferenciados de intervenção, contemplando ações de promoção de saúde, ações de acolhimento psicológico e ações de apoio e acompanhamento, é definida a partir do processo de triagem e análise das demandas individuais, realizada pelos profissionais do DAA. Ao longo do 1º semestre, foram contabilizadas 1491 participações dos estudantes nas diferentes ações desenvolvidas no âmbito da Pedagogia e da Psicologia. Destes,  475 foram atendimentos de atenção psicológica por meio de ações individuais e coletivas ofertados a 289 estudantes, considerando os campi de Alfenas, Poços de Caldas e Varginha.

De acordo com a equipe do DAA, as atividades coletivas se revelaram como um espaço de partilha de experiências, identificações subjetivas, ressignificação, elaboração de afetos e, por consequência, de promoção de bem-estar, o que surtiu efeito positivo nos participantes.

“Gostaria que esses grupos permanecessem ao longo do curso, pois a ajuda psicológica na nossa vida acadêmica é de grande importância. As profissionais envolvidas são excelentes e nos passam confiança e tranquilidade”, afirmou um discente participante do Grupo de Acolhimento Psicológico no 1º semestre de 2020. Outro participante comenta que o grupo é um espaço de trocas sem julgamento: “podemos falar sobre assuntos que não falaríamos espontaneamente. Foi uma forma de lidar com as emoções e enfrentar de forma mais produtiva a quarentena”, disse.

O DAA é um departamento vinculado à Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Prace). Instituído em 2018, visa à promoção do bem-estar e desenvolvimento humano acadêmico, enfocando elementos institucionais, curriculares e relacionais que envolvem a vivência universitária. Atualmente, é composto pelos profissionais: Cláudia Gomes, Crislaine Araújo, Cristiane Belo, Diego Azevedo, Michelle Toti, Rosana Tavares e os estagiários Melina Freire e João Victor Miranda

Para visualizar o documento completo elaborado pela equipe clique aqui.

Copy link
Powered by Social Snap