Professor da UNIFAL-MG comenta indicadores de número de casos, óbitos e internações por Covid-19 e alerta para diferença entre eficácia global e clínica das vacinas

No dia 7/7, o professor Sinézio Inácio da Silva Júnior, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNIFAL-MG, participou do jornal Mandu News, a fim de esclarecer indicadores da pandemia, como a tendência diminuição de número de casos e óbitos, e comentar o avanço da vacinação contra a Covid-19. Na oportunidade, o professor falou sobre a diferença entre eficácia global (proteção contra a infecção) e eficácia clínica (proteção contra casos graves e óbitos) das vacinas.

“É preciso, ainda, ter muito cuidado, tanto porque as pessoas já vacinadas podem transmitir o vírus quanto porque pessoas vacinadas podem, não com a gravidade que elas teriam antes da vacinação, ter intercorrências e uma evolução um pouco mais grave. Nós temos que ter esse esforço de empatia, solidariedade, esse esforço coletivo de assumir aquela máxima que diz: ‘vacina boa é vacina no braço’, e continuar com as medidas de prevenção”, destacou.

Ao longo da participação, o professor também falou sobre a estabilidade no número de internações. “Você pode ter um número de novos casos, como estamos felizmente observando, com tendência de diminuição, mas, […] se os leitos em oferta diminuem em número, você tende, então, em relação ao que está sendo ofertado, a se aproximar daquela ocupação de 100%”, explicou.

Confira a participação completa abaixo:

Disponível no link: https://youtu.be/SEK3xPBo850

Copy link
Powered by Social Snap