Feira Agroecológica e Cultural lançada na UNIFAL-MG incentiva consumo de produtos orgânicos

A Universidade se uniu a agricultores e comunidade para promover a Feira Agroecológica e Cultural da UNIFAL-MG (FACU), lançada na manhã desta quinta-feira, 22/08, na Sede, com a proposta de promover um espaço para incentivar o consumo de produtos orgânicos e discutir a segurança nutricional.

Realizada em frente ao Palquinho, a feira acontecerá quinzenalmente sempre às quintas-feiras, das 9h às 14h, quando toda a comunidade de Alfenas e região poderá visitar. No local, é possível encontrar verduras, hortaliças, frutas, legumes, pimenta e outros produtos orgânicos, livres de agrotóxicos.

Segundo professor Adriano Pereira Santos, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), coordenador da ação, a iniciativa faz parte do projeto de extensão “Fórum de combate ao uso de agrotóxicos: soberania alimentar e agroecologia na região de Alfenas”, cujo objetivo é fomentar políticas de Reforma Agrária, Desenvolvimento Rural, Soberania Alimentar, Segurança Nutricional e Agroecologia no município de Alfenas e em toda região do sul de Minas Gerais.

“A FACU representa uma oportunidade de construção coletiva de saberes agroecológicos a partir da troca de conhecimentos entre Universidade, agricultores e comunidade, bem como uma forma de incentivo e apoio ao Projeto de Lei Nº 6.670/2016 que institui a Política Nacional de Redução de Agrotóxicos (PNARA), aprovado nas comissões especiais do Congresso em dezembro de 2018”, explica Prof. Adriando. Segundo o coordenador, a Feira configura-se como apoio e incentivo para que o sul de Minas Gerais se transforme em território livre de agrotóxicos por meio da criação do Polo Agroecológico.

O espaço da feira, na avaliação do coordenador do projeto, também constitui uma oportunidade de formação para estudantes, professores e agricultores na busca por garantir a soberania alimentar e segurança nutricional. “A Feira Agroecológica e Cultural da UNIFAL-MG confirma o compromisso da Universidade Federal de Alfenas com o fomento à produção de alimentos livres de agrotóxicos, bem como o desenvolvimento socioambiental de comunidades tradicionais, assentamentos rurais, agricultura familiar e camponesa, incentivando – via ensino, pesquisa e extensão – a transição agroecológica e o desenvolvimento sustentável regional”, enfatiza.

Junto à FACU, a organização incluiu na programação, também atividades culturais. Hoje, a atração no Palquinho ficará por conta do músico e compositor John Tittor, na voz e violão.

Copy link
Powered by Social Snap