Universitários e professores interagem virtualmente com idosos de Alfenas; ações integram o programa de extensão Universidade Aberta à Terceira Idade

Durante o período de distanciamento social, projetos da UNIFAL-MG têm promovido ações virtuais, por meio do WhatsApp, com idosos da região. Entre as iniciativas, destaca-se o projeto “GerAÇÕES”, desenvolvido por discentes da Liga Acadêmica de Geriatria e Gerontologia (LAGG/UNIFAL-MG), o qual realizou uma interação on-line com os moradores do Lar São Vicente de Paulo, de Alfenas-MG, a fim de minimizar o impacto do isolamento, uma vez que as visitas presenciais ao lar estão temporariamente suspensas.

Itens de higiene e cuidado pessoal foram alguns dos produtos doados ao Lar. Foto: arquivo pessoal da Prof. Tábatta Renata Pereira de Brito.

Com a colaboração do projeto Nutrir Arte e o auxílio de discentes e docentes da UNIFAL-MG, o projeto enviou vídeos personalizados para cada um dos 118 residentes do Lar. “Foram gravados vídeos curtos, com mensagens carinhosas de esperança e superação, e os cuidadores os apresentaram aos idosos. Segundo a coordenação do Lar São Vicente de Paulo, eles gostaram muito. Ficaram felizes e se emocionaram com os vídeos”, disse a professora da Faculdade de Nutrição da UNIFAL-MG, Tábatta Renata Pereira de Brito, que coordena o projeto GerAÇÕES ao lado da docente Daniela Braga Lima, também da Faculdade de Nutrição.

Confira um dos vídeos enviados pelo projeto. Integrantes do vídeo: Mariana de Barros Castello (discente) e Simone de Barros Castello (mãe).

Além dos vídeos, o projeto doou 81 brindes para a realização de um bingo entre os residentes, com a finalidade de proporcionar momentos de descontração durante o período de ausência de visitas.

Ações da UNIFAL-MG em tempos de isolamento social 

Além do projeto GerAÇÕES, outras iniciativas relacionadas à Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) também promovem ações on-line, por meio do WhatsApp, com o público do programa, como o projeto “60+, Redes Sociais”, que compartilha vídeos de até 10 minutos sobre noções básicas de informática e uso de redes sociais, bem como propõe atividades sobre a temática de cada vídeo, e o projeto “Conversas matemáticas”, que faz a postagem de atividades matemáticas e desafios para  o raciocínio lógico, com o objetivo de promover a estimulação cognitiva e a autonomia dos idosos.

Em busca da saúde física e mental, destacam-se os projetos “Viver Bem a Nova Idade”, o qual faz publicações sobre alimentação e nutrição, assim como compartilha dicas de receitas saudáveis, e “Vida Ativa”, o qual fornece informações de promoção de saúde e publica, semanalmente, atividades físicas adaptadas à realidade domiciliar, como alongamento, relaxamento e aquecimento.

O projeto “Oficinas interativas de arte e cultura: de corpo e alma” compartilha vídeos sobre temas variados, a fim de manter a qualidade de vida dos idosos. As ações propostas, como, por exemplo, o Tai Chi Chuan, buscam a estimulação cognitiva e envolvem movimentos corporais.

Sobre a Unati

O programa Universidade Aberta à Terceira Idade reúne ações de extensão, como projetos e eventos, que buscam atender às demandas de moradores de Alfenas e região com idade igual ou superior a 60 anos. Entre os seus objetivos, estão o desenvolvimento da autonomia da pessoa idosa e a busca pela qualidade de saúde corporal e mental dos participantes, a qual é garantida por meio de atividades físicas, cognitivas e motoras.

Coordenado pela pró-reitora de Extensão da UNIFAL-MG, Eliane Garcia Rezende, o programa prossegue com seus projetos, mas, agora, a interação acontece virtualmente. “Neste momento, é fundamental manter contato com os amigos, trocar informações, estabelecer um movimento de aprendizagem. A Unati não pode parar só porque os encontros presenciais estão suspensos. Se não podemos fazer Yoga e Tai Chi Chuan na sala L-106, faremos em casa, acompanhando as orientações por vídeo que recebemos no grupo on-line”, explicou a pró-reitora Eliane Garcia, que se demonstrou satisfeita com as ações no WhatsApp.

“Temos um pouco de tudo: estímulo a aspectos cognitivos, à memória e aos movimentos corporais, e tudo isso em busca da saúde. É muito gratificante ver o movimento da Unati dando certo”, finalizou.

Os coordenadores dos projetos mencionados são, respectivamente, Flávia Della Lucia (Projeto “60+, Redes Sociais”); Rejane Siqueira Julio (Projeto “Conversas Matemáticas”); Eliane Garcia Rezende (Projeto “Oficinas Interativas de Arte e Cultura – de corpo e alma”); Carolina Kosour (Projeto “Vida Ativa”); e Bruno Martins Dala Paula (Projeto “Viver Bem a Nova Idade”).

*Milena Favalli Simão é estagiária da Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG

Colaboração: Prof. Tábatta Renata Pereira de Brito, da Faculdade de Nutrição da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap