Residentes e acadêmicos da UNIFAL-MG produzem podcasts para informar a comunidade de forma simples e clara sobre tópicos de saúde durante a pandemia

O uso de ferramentas online, como mídias sociais, para produção de textos, imagens e áudios, tem sido essencial para auxiliar a sociedade a interagir com a comunidade acadêmica da UNIFAL-MG, que mesmo durante o distanciamento social, causado pela pandemia da Covid-19, continua a promover várias atividades e projetos. Dentre eles, destacamos, hoje, a atuação de dois grupos que encontraram nos podcasts, arquivos de áudio que podem ser baixados e consumidos a qualquer momento, a solução para divulgar informações sobre saúde.

A primeira iniciativa diz respeito à proposta de trabalho da disciplina “Gestão em Serviços de Saúde”, do curso de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, sob a responsabilidade da professora da Escola de Enfermagem, Maria Regina Martinez. A docente motivou os residentes a produzirem um material de promoção à saúde que pudesse ser veiculado por WhatsApp para os usuários da Estratégia de Saúde da Família em que desenvolvem suas atividades de estágio.

“A ideia surgiu durante nossa atuação na Atenção Primária à Saúde, pois percebemos a necessidade de orientar os pacientes diabéticos sobre a importância de manter o controle glicêmico a fim de evitar as complicações inerentes do diabetes e a procura das Unidades Básicas de Saúde em tempos de pandemia”, contou a docente.

As residentes Helloana Azevedo Barbosa, Maria Thereza Esteves Pereira Homem e Nayara Cristina Milan, foram as responsáveis pela produção do conteúdo fundamentado nas diretrizes dos órgãos federais de saúde. “A estratégia visou manter o distanciamento social, sem a necessidade do paciente se deslocar à Unidade Básica de Saúde para manter-se informado, salvo as condições que requerem uma avaliação ou durante um acompanhamento farmacoterapêutico”, explicaram.

Profissionais da área da saúde, Helloana e Maria Thereza são farmacêuticas e Nayara, enfermeira, as residentes afirmaram que o trabalho foi uma grande novidade. “No início foi um desafio, pois trabalhar com mídia do tipo podcast era uma novidade para nós, mas resolvemos utilizar esse recurso on-line pela praticidade de ser em formato de áudio”, disse Helloana.

Nayara destaca que a escolha da mídia facilita o acesso ao público que, na correria do dia a dia, tem pouco tempo disponível. “O podcast pode ser ouvido a qualquer hora do dia, em filas, durante o trânsito, no trajeto de casa para o trabalho, nos afazeres domésticos, assemelhando-se a um programa de rádio com a diferença de estar disponível para ser ouvido quando desejar”, ressalta.

Confira abaixo o podcast “Cuidados com a Diabetes na pandemia de Covid-19” ou clique aqui para acessar:

Já os integrantes dos projetos “Fale com a UNIFAL-MG” pela Rádio Federal e “A voz da ciência”, que uniram esforços para ampliar o diálogo comunidade-universidade em 2020, se depararam com a dificuldade de realizar entrevistas para produção dos podcasts para a rádio e mídias sociais do projeto. “Antes das restrições impostas pela pandemia, nós íamos conversar com o público nas ruas, praças, supermercados e feiras da cidade. Era um contato corpo a corpo. As perguntas da comunidade eram gravadas e enviadas para os responsáveis pelo tema responderem no programa da rádio”, contou a discente Letícia Fonseca Inácio.

Agora, após a adaptação da produção do conteúdo, discentes e professores estão usando as mídias sociais para incentivar as pessoas a formularem perguntas sobre o novo coronavírus. “As dúvidas, atualmente, ganharam as vozes dos nossos alunos voluntários do projeto, para veiculação na rádio, e a comunidade da UNIFAL-MG, na voz de professores, alunos de pós-graduação e profissionais egressos, respondem de forma simplificada e clara às dúvidas e novidades sobre a pandemia da Covid-19”, explica Letícia.

Equipe dos projetos “Fale com a UNIFAL-MG” e “A voz da Ciência” se reúnem por webconferência para definir as ações durante a pandemia (Crédito da imagem: arquivo pessoal do Prof. Pedro Rosalen)

O projeto, coordenado pelos professores Lucas Lopardi Franco, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Marcelo Franchin, da Faculdade de Odontologia, e Pedro Luiz Rosalen, do Instituto de Ciências Biomédicas, conta com discentes de diferentes cursos de graduação e pós-graduação, que já encaminharam as perguntas a várias unidades acadêmicas e administrativas da Universidade, sobre temas de nutrição, farmácia, medicina, enfermagem etc.

De acordo com os coordenadores, os conteúdos produzidos revelaram a necessidade e carência que as comunidades têm em buscar informação em fontes confiáveis e imparciais. “Apesar do distanciamento entre as comunidades e a universidade, observa-se que mesmo em um contexto da educação nacional conturbado e deturpado, instigado, infelizmente, pelos governantes e pela omissão da comunidade científica, a sociedade ainda consegue enxergar a universidade como uma local diferenciado de tudo o que há no país e que ainda possui credibilidade e respeito”, afirmaram.

Além da veiculação na Rádio Federal FM, os podcasts da “Temporada Covid-19” também estão disponíveis nos perfis do projeto no Spotify, Instagram e Youtube, que são atualizados com novos posts de segunda à sexta, por volta das 19h. Não deixe de conferir!

A seguir, a playlist do canal no Youtube:

 

Copy link
Powered by Social Snap