“Notícia da atual literatura brasileira: entrevistas” – Letícia Malloy (Org.)

Mapear diferentes expressões da literatura brasileira por meio de entrevistas on-line, feitas com escritores nascidos entre 1940 e 1990, é um dos objetivos que guiam a obra “Notícia da atual literatura brasileira: entrevistas”, cujos organizadores são a professora Letícia Malloy, do Instituto de Ciências Humanas e Letras da UNIFAL-MG, e os docentes André Tessaro Pelinser (UFRN), Andréia Delmaschio (IFES) e Vitor Cei (UFES), idealizador e coordenador da proposta. Publicado em 2020, o livro é composto por diálogos com 81 autores representantes das pluralidades étnicas, etárias, culturais e sociais que marcam as cinco regiões do país.

(Foto: Arquivo pessoal/Professora Letícia Malloy)

A fim de materializar um referencial teórico para que leitores e pesquisadores interajam com os depoimentos e as perspectivas dos próprios escritores, a obra permite o conhecimento de histórias e singularidades que permeiam as produções literárias. “As autoras e os autores entrevistadas/entrevistados abordam temas heteróclitos que vão desde o método, o estilo e as opções formais e temáticas que norteiam o projeto literário de cada uma/um, o momento inaugural do ofício de escritora/escritor, as dificuldades de publicação e de distribuição […], os planos atuais e futuros, passando por questões como o machismo, o racismo e formas outras de preconceito e intolerância que recrudescem incontinentes em nossa sociedade”, é o que explica a professora Fabíola Padilha (UFES) na apresentação do livro.

Publicada pela editora Cousa, a obra é fruto da disciplina “Literatura em Devir”, ministrada no curso de Letras da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), pelo professor Vitor Cei, e do desdobramento desta matéria em um projeto de extensão de amplitude nacional, o qual se originou em 2017, conforme explicam, no prefácio da obra, os organizadores do livro.

Segundo eles, o mapeamento proposto em “Notícia da atual literatura brasileira: entrevistas” destaca parte da diversidade de escritores(as) reconhecidos(as) pela crítica ou de autores(as) que iniciam suas jornadas no universo literário. “Como compilação de entrevistas, este livro é bastante diversificado. O leitor irá se deparar aqui não apenas com o grande leque ideológico que resulta do conjunto dos pensamentos expostos, mas também com diferentes registros formais: há respostas curtas e outras longas; algumas objetivas, outras eivadas de subjetividade; há ainda aquelas elaboradas com detalhamento e apuro linguístico, por entrevistados que cultivam o vernáculo, contrastando com as respostas de autores que transgridem, intencionalmente ou não, a norma padrão”, salientam os organizadores. Ainda de acordo com eles, as entrevistas foram estruturadas por um roteiro previamente estabelecido e enviadas em formato de questões diversas, que abordaram desde questões políticas e sociais até informações sobre a estética das obras em discussão, via e-mail.

O título do livro faz referência ao ensaio de Machado de Assis intitulado “Notícia da atual literatura brasileira: instinto de nacionalidade” (1873), sem se mantivesse o ensejo de guiar caminhos para a literatura nacional. “Não ignoramos, todavia, o fato de que uma compilação como esta poderá se configurar, ao longo das experiências de leitura, como engrenagem nos processos de legitimação de determinados nomes e obras”, finalizam os organizadores.

A obra conta, também, com apresentação feita por Rita Olivieri-Godet, professora titular de Literatura Brasileira na Université Rennes 2 (França).

Para mais informações, confira o site da editora Cousa para adquirir “Notícia da atual literatura brasileira: entrevistas”.

Copy link
Powered by Social Snap