“Fotografia de Natureza: quase sem palavras” – Celso Ferrarezi Jr.

A beleza que transpassa cenários da fauna e flora de regiões brasileiras é o que leitores poderão apreciar ao longo da leitura de “Fotografia de Natureza: quase sem palavras”, nova obra do professor Celso Ferrarezi Jr., do Instituto de Ciências Humanas e Letras da UNIFAL-MG. Com o objetivo de oferecer ao público um tempo de contemplação dos encantos naturais registrados de Norte a Sul do país, o livro reúne 400 imagens impressas em alta resolução, em papel fotográfico e com capa dura costurada ou com conteúdo idêntico, mas em formato digital.

Como um antigo álbum que reúne fotos emolduradas no centro das páginas, o livro foi planejado para proporcionar momentos de prazer estético e contato virtual com a natureza, sem preocupações exclusivamente científicas ou teóricas, considerando o momento delicado que se tem enfrentado em virtude da pandemia. “Quando pensei nesse projeto, o fiz justamente por saber que as pessoas estavam muito tristes e deprimidas. Há inúmeras pesquisas que mostram a influência positiva da beleza natural para a contenção de estados depressivos. A beleza da natureza atua como lenitivo para pessoas que estão muito tristes”, explica o Prof. Ferrarezi.

Professor Celso Ferrarezi Jr. fotografando na Babilônia (Foto: Arquivo Pessoal/Prof. Celso Ferrarezi Jr.)

Para que o intuito se tornasse possível, o docente da UNIFAL-MG e autor da obra idealizou detalhes desde a distribuição visual dos conteúdos até a mensagem que se desejava transmitir quase sem palavras, como bem antecipa o título do livro. “O formato da obra é impresso em uma orientação e em uma medida que facilitam à pessoa manuseá-lo no colo, as legendas nunca aparecem na mesma posição da página, a fim de estimular as pessoas a movimentarem os olhos sobre as imagens, procurando as legendas sem pressa para admirar as belezas contidas nas fotos, e todas as imagens selecionadas são coloridas”, detalha o docente.

Autor de outros 46 livros, o professor Celso Ferrarezi destaca que a nova publicação se difere de outras já lançadas por ser a primeira exclusivamente fotográfica. Ele também explica que não há um tema único, como uma região ou uma espécie da fauna ou da flora, a fim de que o livro não se torne um material de consulta. “Apenas a beleza é seu tema”, completa.

Além de evitar descrições excessivas e de proporcionar momentos de fruição, o material apresenta um apelo ecológico impactante, que pode ser usado para a educação ambiental de crianças, em relação às queimadas dos biomas. “Enfim, é um material que resulta de uma concepção muito elaborada para esta época difícil que o mundo vive e me sinto muito orgulhoso de ter conseguido publicá-lo a tempo junto a uma editora que topou um projeto tão ousado em uma época tão difícil”, comentou.

O lançamento de “Fotografia de Natureza: quase sem palavra”, publicada pela Editora CRV, de Curitiba, ocorreu no dia 29 de abril, mas, em função das atuais condições sanitárias, não houve a realização de eventos presenciais.

Na Introdução da obra, há uma homenagem in memoriam a Luiz Cláudio Marigo, grande fotógrafo brasileiro que incentivou o início da carreira fotográfica do professor e autor Celso Ferrarezi Jr.

Para adquirir o livro, basta acessar o site da Editora CRV. 

Copy link
Powered by Social Snap