Curso de Pré-Incubação encerra 6ª edição na UNIFAL-MG; capacitação contribui para o desenvolvimento de competências empreendedoras necessárias à viabilização de um novo negócio

Em agosto, a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (NidusTec) da UNIFAL-MG, entidade vinculada à Agência de Inovação e Empreendedorismo da UNIFAL-MG, finalizou o curso de Pré-Incubação, do qual participaram discentes, docentes, inventores e empreendedores da comunidade externa.

A proposta do curso foi disseminar a cultura empreendedora, utilizando como metodologia atividades, ferramentas, métodos e técnicas que visam estimular o desenvolvimento dos projetos. Com esse objetivo, o treinamento contribui para a maturidade e desenvolvimento de competências empreendedoras que serão necessárias ao desenvolvimento do empreendimento, para etapa futura de incubação.

Os integrantes dos 15 projetos selecionados participaram dos quatro módulos promovidos entre outubro de 2020 e agosto de 2021, com temas e conteúdo na área de empreendedorismo. A organização do curso foi realizada pela diretora e vice-diretor da Agência de Inovação e Empreendedorismo, respectivamente, professora Izabella Carneiro Bastos e professor Mateus Freire Leite; pela técnica administrativa Débora Vieira de Lima e pela bolsista da Incubadora, Eliana de Castro Reis.

As aulas contaram com conteúdo ministrado por palestrantes convidados, com experiência em diferentes áreas de atuação, como o coordenador de tecnologia e inovação do Grupo Synvia, Uirá Pinheiro Soares; os representantes do Sebrar, Leandro Lopes, Francis Lago e Amanda Luiza Cezário; o gestor de inovação e transversalidade e gestor educacional, professor Jonathan Borges, bem como os docentes da UNIFAL-MG, os professores Marçal Serafim Cândido, Izabella Carneiro Bastos e Mateus Freire Leite, e a técnica administrativa, Débora Vieira de Lima.

No Módulo 1, a temática trabalhada foi “Empreendedorismo e Modelagem de Negócio”, seguida pelo Módulo 2, quando os participantes aprimoraram conhecimentos sobre “Desenvolvimento do Produto e Serviço”. No Módulo 3, o tema abordado foi ‘Financeiro Jurídico”, fechando o curso com o Módulo 4 que envolveu “Plano de Negócios e Pitch”.

Importância do curso de Pré-Incubação

Conforme a organização do evento, os programas de cursos de Pré-Incubação têm a missão de garantir que os projetos de impacto e ideias inovadoras consigam se desenvolver de forma profunda e solidificada. “O nível de mortalidade de empresas nascentes no Brasil é relativamente alto se comparado a outras economias. Grandes esforços têm sido realizados por organizações que primam pelo desenvolvimento de uma atmosfera de empreendedorismo real, no qual instituições da iniciativa privada e do poder público têm investido tempo e recursos para encontrar o melhor método de proporcionar longevidade e desenvolvimento efetivo a essas organizações”, relata a professora Izabella Bastos, diretora da Agência de Inovação e Empreendedorismo.

Segundo ela, ciente dessa importância, as Incubadoras de Empresas vêm buscando compreender melhor o universo dessas empresas nascentes, buscando através de metodologias de desenvolvimento e aceleração de negócios, estabelecer centros de fomento empreendedor.

Para a bolsista da NidusTec, Eliana de Castro Reis, a importância da pré-incubação está no fato de proporcionar aos novos empreendedores a possibilidade de estruturar e desenvolver o próprio negócio. “Acredito que muitas pessoas têm ideias que poderiam fazer a diferença para o mundo. No entanto, ter a facilidade de criar um produto ou serviço não é a mesma que transformá-lo em negócio; é aí que entra a pré-incubação, proporcionando aos participantes a familiarização e absorção de conceitos e desenvolvimentos de práticas que envolvem a gestão de negócios, preparando tecnicamente os novos empreendedores para viabilizarem seus projetos e estruturá-los em uma nova empresa”, reforça.

Para mais informações, acesse aqui.

Copy link
Powered by Social Snap