Comissão Eleitoral divulga resultado da Consulta à Comunidade para escolha de reitor da UNIFAL-MG; de acordo com a apuração, o professor Sandro Amadeu Cerveira foi o candidato mais votado

A Comissão Eleitoral Geral divulgou na terça-feira, 26/10, o resultado da Consulta à Comunidade para escolha de reitor ou reitora da UNIFAL-MG. O candidato mais votado foi o professor Sandro Amadeu Cerveira, atual reitor da Universidade, com 46,25% dos votos proporcionalizados contra 24,77%, da professora Maísa Brigagão, e 5,24%, do professor Alexandre Giusti Paiva. Pelos percentuais, a consulta foi decidida no 1º turno. Acesse o resultado da apuração.

Elaboração: Dicom/UNIFAL-MG. Arte: Bianca Maia/Dicom

Na consulta deste ano, 2.919 membros da comunidade universitária votaram. Sendo 2.128 discentes, 273 técnicos administrativos e 518 docentes. Esses números correspondem, respectivamente, a 25,03%, a 83,23% e a 89,15% das categorias.  Conforme a resolução 21/2021, do Conselho Universitário (Consuni),  a apuração do resultado considera o peso de 70% para a categoria docente, 15% para os discentes e 15% para os técnicos administrativos.

Elaboração: Dicom/UNIFAL-MG. Arte: Bianca Maia/Dicom

A Resolução 21/2021 também estabelece que a Consulta à Comunidade não é vinculada à composição da lista tríplice enviada para nomeação do reitor pela Presidência da República.  “O resultado da consulta à Comunidade não vincula a escolha do CONSUNI na elaboração da lista tríplice, que realizará a elaboração da referida lista nos termos de regulamentação específica”, consta no Art. 2º da resolução.

Elaboração: Dicom/UNIFAL-MG. Arte: Bianca Maia/Dicom

A elaboração da lista tríplice segue as disposições da Resolução 22/2021, do Consuni. O processo será conduzido por comissão externa ao Conselho formada por docentes, discentes de graduação e pós-graduação e técnicos administrativos, indicados mediante portaria. Essa comissão vai receber e analisar as inscrições. Os nomes aptos, segundo os critérios exigidos para candidatar-se a reitor ou reitora, serão enviados ao Consuni para homologação e posterior votação.

Os três mais votados no Consuni figuram na lista tríplice, em posição definida pela quantidade de votos. A escolha pelo Presidente da República segue a Lei 9.192/1995 e o Decreto 1.916/1996. A legislação desobriga a escolha do primeiro da lista, ou seja, pode contrariar a vontade da comunidade estabelecida na consulta e no Consuni.

Adesão de discentes e servidores em relação à consulta de 2017

No atual contexto de pandemia, a Comissão Eleitoral, os candidatos e a candidata, foram obrigados a buscarem alternativas para condução dos trabalhos e campanhas. Com a impossibilidade de visitarem setores e salas de aula, a interação com os membros da comunidade universitária aconteceu pelas redes sociais, aplicativos de mensagens e reuniões virtuais. Os debates, antes presenciais, também foram transferidos para plataformas online.

Elaboração: Dicom/UNIFAL-MG. Arte: Bianca Maia/Dicom

Ainda com as dificuldades estabelecidas pela necessidade de distanciamento social, a ida às urnas pelos discentes e servidores sofreu apenas 0,30% de queda, com base no total de votantes, em relação à consulta de 2017.  No 1º turno da consulta anterior, 2.510, pessoas do total de 8.012, votaram, correspondendo a 31,32% da comunidade.

Em 2021, o total de aptos a votarem chegou a 9.410, apresentando um crescimento de 17,44% do número de pessoas em relação a 2017.  Desse público, 2.919 votantes efetivou a votação, perfazendo 31,02% de adesão da comunidade. Analisando os dados isoladamente, houve crescimento percentual da participação de discentes em 0,11% e de servidores em 3,09%.

Confira o Resultado divulgado pela Comissão Eleitoral em: Resultado.

Copy link
Powered by Social Snap