Plataforma Fala.BR substitui sistema de protocolo da Ouvidoria para manifestações sobre atendimento e serviços oferecidos pela UNIFAL-MG

As manifestações submetidas à UNIFAL-MG, tais como denúncias, elogios, reclamações, solicitações de providências e sugestões, agora serão recebidas exclusivamente, por meio da Plataforma Integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação “Fala.BR”.

 “Antes de enviar uma manifestação é recomendável que o cidadão verifique se o assunto de sua manifestação não pode ser prontamente respondido por algum servidor ou setor da UNIFAL-MG”, orienta a professora Kellen Rocha de Souza, ouvidora da Universidade. (Foto: Arquivo Pessoal)

Trata-se de um sistema integrado desenvolvido pela Controladoria-Geral da União (CGU) que permite a qualquer cidadão encaminhar pedidos de informações públicas e manifestações. Além de resguardar a privacidade do manifestante, a plataforma permite a qualquer cidadão enviar manifestações para distintos órgãos, uma vez que é utilizada por mais de 300 ouvidorias federais e diversos órgãos e entidades.

Conforme a ouvidora da UNIFAL-MG, a professora Kellen Rocha de Souza, até então a Universidade recebia elogios, sugestões, solicitações de providências, reclamações e denúncias tanto por meio de um sistema próprio, desenvolvido pelo Núcleo de Tecnologia de Informação (NTI), quanto pela plataforma Fala.BR. “Em comunicação recente, a CGU orientou a Ouvidoria a utilizar somente a plataforma Fala.BR, de uso obrigatório pelos órgãos e pelas entidades da administração pública federal”, explica.

Diante da mudança de plataforma eletrônica de protocolo de manifestações, Kellen Souza chama a atenção para a finalidade da Ouvidoria. “A Ouvidoria é a instância de controle e participação social responsável pelo tratamento das reclamações, solicitações, denúncias, sugestões e elogios relativos às políticas e aos serviços públicos, prestados sob qualquer forma ou regime, com vistas ao aprimoramento da gestão pública’”, lembra, citando o artigo 1º da Instrução Normativa (IN) nº 1, da Ouvidoria-Geral da União (OGU) da CGU, de 5 de novembro de 2014.

(Arte: Dicom)

Para enviar manifestações pelo Fala.BR, o cidadão precisa acessar a plataforma, neste endereço, clicar no ícone referente à manifestação que deseja enviar e após isso realizar seu cadastro na plataforma, caso não o tenha. “Somente é possível enviar pela plataforma Fala.BR manifestações anônimas do tipo reclamação e denúncia, sendo que neste caso tais manifestações são consideradas ‘Comunicações’ e não é possível o seu acompanhamento”, alerta a ouvidora da UNIFAL-MG. Após acessar a plataforma e se cadastrar, o solicitante pode enviar uma manifestação direto para a Ouvidoria da Universidade, selecionando a UNIFAL-MG no campo “Órgão Destinatário”. O acesso à plataforma também pode ser feito pela página da Ouvidoria da UNIFAL-MG, ícone “Enviar manifestação”. 

Segundo a ouvidora, ao cadastrar uma manifestação é muito importante que o manifestante envie a maior quantidade possível de informações e que se atente ao tipo de manifestação enviada. “Antes de enviar uma manifestação é recomendável que o cidadão verifique se o assunto de sua manifestação não pode ser prontamente respondido por algum servidor ou setor da UNIFAL-MG. Dentro de qualquer instituição e principalmente dentro de uma instituição de ensino é essencial a manutenção do diálogo entre os discentes e servidores, entre os próprios servidores e também da instituição com toda a comunidade externa”, observa, ao enfatizar que a Ouvidoria recebe manifestações tanto da comunidade interna quanto externa.

Mais informações sobre a plataforma podem ser obtidas aqui.

 

 

Copy link
Powered by Social Snap