UNIFAL-MG avança em ranking internacional sobre sustentabilidade e fica na 19ª posição entre instituições do Brasil; iniciativas para eficiência enérgica, gestão de resíduos e economia de recursos contribuem para o crescimento da Universidade no ranking

A UNIFAL-MG avançou em ações de sustentabilidade, conforme indicam os resultados do Ranking UI GreenMetric 2021. Neste ano, das 40 instituições brasileiras participantes, a Universidade ocupa a 19ª posição, sendo a 6ª colocada entre as universidades do estado de Minas Gerais, com o total de 5700 pontos. Esses indicadores avaliam iniciativas nos eixos de ambiente e infraestrutura, energia e mudanças climáticas, resíduos, água, transporte, educação e pesquisa. No ranking mundial, a UNIFAL-MG subiu 55 posições, garantindo o 460° lugar na classificação. 

Em comparação a 2020, UNIFAL-MG subiu 55 posições no ranking mundial e 5 nos resultados nacionais. (Foto: Dicom)

Organizado anualmente pela Universidade da Indonésia, o GreenMetric busca encorajar instituições de ensino de todo o mundo para atuação em prol do meio ambiente. A UNIFAL-MG participa das edições desde 2018. “Ao integrar esta proposta, o objetivo não é competir com outros participantes, mas sim aproveitar os resultados para nortear as ações institucionais. Entendemos que as pontuações em alta apresentadas pela UNIFAL-MG demonstram os esforços pela busca de melhorias constantes nos eixos analisados, bem como identificam quais áreas precisam de mais atenção”, explicou a gerente de Meio Ambiente da Universidade, Julieta Aparecida Moreira. 

Placas instaladas sobre o prédio O, na Sede. (Foto: Arquivo/Proplan)

De acordo com ela, neste ano, o eixo Ensino e Pesquisa apresentou bons resultados, segundo dados que indicam investimento em estudos na área de sustentabilidade, além de publicações, projetos, cursos e eventos referentes ao tema. “No eixo Energia, a Universidade apresentou um acréscimo de pontos ainda pouco expressivo, no qual se destaca o aumento de produção de energia solar no campus Poços de Caldas. Cabe destacar, no entanto, que os dados recém-divulgados se referem ao ano de 2020”, destacou Julieta Moreira. Em 2021, a Sede e o campus Varginha deram início à implantação de usinas fotovoltaicas, conforme o Projeto de Eficiência Energética, que impactará de 25% a 35% de economia na conta de energia da Universidade.

Imagem do recebimento e treinamento da lavadora de pisos. À esquerda da foto, o pró-reitor de Planejamento, Lucas Cezar Mendonça, e, à direita, o diretor do Departamento de Infraestrutura, José Antônio Ramos. (Foto: Arquivo/Proplan)

Ao se contabilizar a substituição de 9.837 lâmpadas por tecnologia LED e de 11 equipamentos de ar-condicionado por modelos mais eficientes, o projeto também economizará 547,60MWh/ano de energia, com uma redução de demanda de 110,90 kW, o que equivale à emissão de 27.928 toneladas de CO2 evitadas e ao plantio de 77 árvores. Outra ação em destaque é a aquisição de lavadoras de pisos com sistema eficiente de racionalização ao uso da água, a fim de melhorar os serviços de limpeza das áreas de grande movimentação das unidades. 

“Ainda quanto aos recursos energia e água, temos ações e campanhas – e seguiremos trabalhando nelas -, visando à redução de consumo constantemente, considerando as metas no Plano de Logística Sustentável (PLS) e Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) vigentes, que são documentos importantes de gestão”, completou Julieta Moreira. Confira informações sobre gastos e consumo de água e energia na UNIFAL-MG nos últimos 6 anos.

No eixo Resíduos, o resultado foi positivo, considerando a destinação apropriada de objetos como lâmpadas, pilhas e baterias, assim como de resíduos químicos e hospitalares. “Além disso, contamos com programas que efetivaram redução no uso de papéis e plásticos, a exemplo da adoção de canecas e abolição de copos descartáveis. O que também já nos garantiu relevante acréscimo foi o início da implantação da coleta seletiva, com perspectivas de iniciar efetivamente em todos os campi já no primeiro trimestre de 2022, beneficiando grupos sociais vulneráveis”, disse a gerente de Meio Ambiente. 

O Sistema Regenerativo Urbano prevê um espaço com aproximadamente 7.200 m2 de área, uma floresta comestível com 800 unidades de plantas distribuídas em 120 espécies distintas, com alta capacidade nutricional. (Foto: Arquivo/Interdisciplinary Center for the Unknown)

Com relação aos espaços verdes, destacou Julieta Moreira, a UNIFAL-MG avançou com implantação do Sistema Regenerativo Urbano no campus Varginha. “Esse espaço efetivou o plantio e manutenção de aproximadamente 800 mudas de espécies arbóreas, em sua maioria frutíferas. Além disso, temos ações semelhantes previstas para concretização breve no campus Poços de Caldas e na Unidade Educacional Santa Clara”, pontuou. Para 2022, a ideia é também garantir a substituição de equipamentos, como destiladores de laboratórios, para outros mais eficientes e econômicos. 

“Considero que os nossos resultados positivos conquistados nessa edição do ranking evidenciam e consolidam os esforços coletivos de diferentes segmentos da Instituição. Entendo que, para seguirmos evoluindo, necessitamos ampliar o entendimento em relação ao desenvolvimento sustentável e à responsabilidade individual, coletiva e institucional. Nossa expectativa é que toda a comunidade possa se sentir pertencente ao ambiente institucional para, assim, desejar contribuir com o desenvolvimento sustentável”, concluiu Julieta Moreira. 

Conforme também destacou o reitor da UNIFAL-MG, Prof. Sandro Amadeu Cerveira, o avanço no GreenMetric é fruto de trabalho consistente. “O significativo avanço da nossa universidade no GreenMetric é mais do que uma mera posição em um ranking. Ele é o fruto de decisões institucionais e do trabalho consistente de todos que pesquisam, pensam e atuam na construção de uma universidade mais sustentável. Esse reconhecimento nos motiva a seguir avançando”, enfatizou. 

Certificado da participação da UNIFAL-MG no UI GreenMetric World University Rankings. (Foto: Arquivo/Proplan)

A coleta de informações para o ranking, feita com as Pró-Reitorias e Unidades dos campi de Alfenas, Varginha e Poços de Caldas, bem como da Unidade Educacional Santa Clara, foi realizada pela equipe da Gerência de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (GMADS), junto à Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (CDI), da Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Desenvolvimento Institucional (Proplan). Além da submissão de informações institucionais, a equipe produziu evidências, em imagens e textos, com as comprovações para questões do ranking. 

Outras informações sobre os resultados da UNIFAL-MG no GreenMetric, desde 2018, estão disponíveis no site da Proplan. Acompanhe publicações sobre cursos, eventos e projetos na página Sustentabilidade na UNIFAL-MG.

Saiba mais sobre projetos sustentáveis da Universidade entre 2020 e 2021: 

UNIFAL-MG seleciona trabalhadores para coleta de materiais recicláveis no campus; iniciativa do projeto ColetAtiva reforça as ações sustentáveis da Universidade e contribui para geração de renda dos catadores

UNIFAL-MG e Prefeitura de Alfenas firmam acordo de cooperação técnica para desenvolvimento de ações sustentáveis; atuação da Universidade no movimento “Reflorestar Alfenas: pensar global, agir local” integra a parceria

Professores e universitários da UNIFAL-MG desenvolvem programa de extensão que resgata convivência saudável e harmônica nos espaços urbanos; “Agricultura Urbana e Meio Ambiente” realiza projetos em escolas de Varginha

Projeto da UNIFAL-MG integra comunidade acadêmica e externa com atividades de cultivo de hortaliças, plantas medicinais e árvores; “Horta Terapia Comunitária” beneficia cerca de 30 famílias do município de Alfenas

UNIFAL-MG implementa sistema regenerativo urbano em Varginha; ação institucional prevê o plantio de mais 800 plantas no campus universitário e a criação de um espaço transdisciplinar de ensino, pesquisa e extensão

Projetos de melhorias para os espaços universitários comprovam a capacidade técnica e de adaptação da UNIFAL-MG em infraestrutura e obras; confira as principais ações empreendidas em 2020

UNIFAL-MG abre curso de especialização em Educação para Sustentabilidade em parceria com a ONG Gaia Education – organização reconhecida internacionalmente pela UNESCO

UNIFAL-MG adere à A3P, agenda de administração pública vinculada ao Ministério do Meio Ambiente; parceria busca garantir práticas de gestão sustentável e de utilização coerente de bens públicos

Copy link
Powered by Social Snap